Sustentabilidade corporativa

Pacto Global das Nações Unidas

A sustentabilidade corporativa tem como ponto de partida o sistema de valor da empresa e uma abordagem consistente no momento de fazer negócios. Isto significa desenvolver a sua atividade de uma forma que, no mínimo, respeite responsabilidades fundamentais nas áreas dos direitos humanos, trabalho, meio-ambiente e anticorrupção. As empresas responsáveis colocam em prática os mesmos valores e princípios independentemente de onde estejam presentes e sabem que as boas práticas numa área não afetam negativamente outra área. Ao incorporarem os princípios do Pacto Global em estratégias, políticas e processos, e ao estabelecer uma cultura de integridade, as empresas estão não apenas a cumprir as suas responsabilidades básicas para com as pessoas e o planeta, mas também a preparar o seu êxito a longo prazo.

Os Dez Princípios do Pacto Global das Nações Unidas derivam da:Declaração Universal dos Direitos Humanos,, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho relativa aos princípios e direitos fundamentais no trabalho, da Declaração do Rio sobre Ambiente e Desenvolvimento, e da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção..

Veja os Dez Princípios do Pacto Global das Nações Unidas..

Signatários

Os signatários dos Princípios do Pacto Global dos países da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Perú, Uruguai) no âmbito dos setores da “Mineração” e da “Indústria dos metais e mineração” (de acordo com a classificação do Pacto Global da UE) são os seguintes (clique nos países abaixo para saber mais sobre os respetivos signatários):

Instituições Financeiras dos Princípios do Equador

“Os Princípios do Equador (EP) é um quadro de gestão de risco, adotado pelas instituições financeiras, para determinar, avaliar e gerir riscos ambientais e sociais em projetos e tem o objetivo principal de definir um padrão mínimo de diligência necessária para apoiar tomadas de decisão de risco responsáveis. Os EP são de aplicação global, a todos os setores da indústria.”

Ler mais

Padrões de Desempenho da Sociedade Financeira Internacional (IFC)

“Os Padrões de Desempenho Ambientais e Sociais da IFC define as responsabilidades dos clientes da IFC na gestão dos seus riscos ambientais e sociais.

A edição de 2012 do Quadro de Sustentabilidade da IFC, que inclui os Padrões de Desempenho, aplica-se a todos os clientes na área do investimento e consultoria cujos projetos beneficiaram do processo inicial de crédito por parte da IFC a partir de 1 de janeiro de 2012”.

Ler mais